Tag - SEO

SEO no YouTube.

SEO no YouTube: como rankear bem seu vídeo – Parte 1

Assim como a otimização de conteúdos e sites é importante, a otimização de vídeos no Youtube também é. Ao otimizar seu vídeo, você receberá mais visualizações e inscritos. Isso aumentará sua classificação e sua estratégia geral de marketing. Não importa o tipo de conteúdo de vídeo que você está produzindo.

Graças ao SEO no YouTube, algumas empresas chegaram à primeira página. Neste artigo vamos mostrar algumas estratégias de SEO no YouTube para rankear bem seus vídeos. Em breve teremos a parte 2 deste artigo, com mais estratégias.

Veja também: Como fazer uma boa campanha de e-mail marketing

  1. Pesquisa de palavras-chave

O primeiro passo para aplicar a SEO no Youtube é encontrar as palavras ou conceitos que o seu potencial cliente está procurando no YouTube. Você os usará no título, na descrição e nas tags do seu vídeo.

Primeiro, tente fazer um brainstorming de palavras relacionadas ao seu negócio. Em seguida, você pode pesquisá-los na ferramenta de planejamento de palavras-chave no Google AdWords e comparar quais deles têm mais consultas de pesquisa, em média.

Outra ideia poderia ser analisar os vídeos mais populares em seu nicho. Você deve prestar atenção às palavras que eles escolheram para o título e a descrição. Você também pode precisar dar uma olhada nas tags que eles usaram. O Vid IQ Vision é uma extensão do Google Chrome que mostra muitos dados sobre qualquer vídeo, incluindo suas tags.

Agora que você tem uma lista de palavras que as pessoas pesquisaram, sugiro que você escolha um conjunto de palavras para o título.

  1. Otimização de vídeos do YouTube

SEO no YouTube

Para impulsionar seu CTR, você deve criar miniaturas atraentes que indiquem claramente o tópico do seu vídeo.

O YouTube é muito inteligente, mas não consegue “ler” seu vídeo (ainda). Você precisa deixar o mecanismo de pesquisa saber do que se trata. Vamos fazer isso!

  • Título

Use a palavra-chave de cauda longa que você encontrou. Seja breve e claro sobre o seu conteúdo.

  • Descrição do vídeo

Escreva um parágrafo dizendo ao espectador sobre o que é seu vídeo. Use duas ou três palavras-chave sem repeti-las demais. E por último, mas não menos importante, adicione um CTA e um link para sua página da web! Você também deve incluir a transcrição de vídeo na qual sua palavra-chave é mencionada.

  • Tag

Use sua palavra-chave primeiro e algumas variações dela depois. Você também pode adicionar tags sobre outros tópicos que o vídeo abrange.

  • Miniaturas personalizadas

Quando os espectadores veem uma lista de resultados do YouTube, eles clicam no mais envolvente. Quando um vídeo é enviado, você pode escolher uma miniatura das três opções que o YouTube gera aleatoriamente, mas elas podem não ser as melhores. Para impulsionar seu CTR, você deve criar miniaturas atraentes que indiquem claramente o tópico do seu vídeo.

  1. Incorporação Externa

É muito difícil fazer com que o YouTube classifique seu vídeo nas primeiras páginas desde o início, e é por isso que os espectadores precisam encontrá-lo em outro lugar primeiro.

Portanto, você deve incorporar com sabedoria seu vídeo hospedado pelo YouTube em qualquer lugar: em canais de mídia social e comentários, em blogs, blogs de convidados, boletins informativos, sites etc. Isso afetará o número de visualizações em seu vídeo. Eventualmente, o YouTube notará isso e começará a sugeri-lo.

SEO no YouTube - Redes sociais

Você deve incorporar com sabedoria seu vídeo hospedado pelo YouTube em qualquer lugar como em canais de mídia social.

Veja também: 8 estatísticas sobre conteúdo de marketing digital que você precisa conhecer

Como vimos neste artigo, a otimização em SEO no YouTube tem muitas pequenas táticas que você pode usar para classificar suas palavras-chave segmentadas. Mas lembre-se de que o mais importante, sempre, é a qualidade do seu conteúdo. Não importa quão bom seja um vídeo otimizado. Se não é atraente para o seu público, você não terá sucesso a longo prazo.

Fique atento ao blog da Rede Brasil para ver a segunda parte do artigo com mais dicas!


Posted By Category: ArticlesTags: , Comments: 0
Conteúdo de marketing digital.

8 estatísticas sobre conteúdo de marketing digital que você precisa conhecer

Quando você quer que suas campanhas de marketing sejam competitivas, é absolutamente necessário saber onde você está comparado a todos os outros no seu setor. Você está conhecendo as melhores práticas de marketing de conteúdo? Seu conteúdo está correspondendo ao valor? Você sabe o que seu público está procurando?

Neste artigovamos apresentar estatísticas sobre conteúdo de marketing digital. As estatísticas são baseadas em uma pesquisa americana, que analisou 6.000 blogs.

Veja também: Como melhorar a velocidade de carregamento de páginas web

principais estatísticas sobre conteúdo de marketing digital

1-A duração média dos textos é de 810 palavras.

Isso é interessante porque sempre há muito debate sobre quão longo deve ser o conteúdo, especialmente no mundo do marketing digital. A principal coisa a ter em mente é que seu artigo precisa ser longo o suficiente para ser valioso, e normalmente 750 palavras é o tamanho de artigo mais curto que você pode escrever que ainda oferece um valor significativo.

2-A quantidade média de tempo que se gasta otimizando seus artigos é de 2 horas e 32 minutos.

A pesquisa de palavras-chave e a otimização de artigos subsequentes levam algum tempo, mas vale a pena o esforço quando feitas corretamente.

3-76% dos títulos continham pelo menos uma palavra-chave segmentada.

Usar uma palavra-chave em seus títulos é uma maneira rápida e fácil de melhorar suas chances de boa classificação para eles. Portanto, essa é uma prática recomendada que faz sentido. Também é muito fácil de implementar.

Conteúdo de marketing digital - 76% dos títulos continham pelo menos uma palavra-chave segmentada.

76% dos títulos continham pelo menos uma palavra-chave segmentada.

4-Foi segmentada uma média de duas palavras-chave por artigo.

Otimizar seu artigo para mais do que apenas uma palavra-chave significa que você pode aparecer nas pesquisas por mais de uma consulta. Esta é uma jogada inteligente, essencialmente porque muitos artigos abordam facilmente várias consultas.

5-O número médio de palavras-chave recomendadas para uso em artigos é 15.

Concentrar-se em uma palavra-chave de destino é uma boa prática, mas garantir que seu artigo tenha 15 palavras-chave relevantes pode ajudar a maximizar a visibilidade.

6-A pontuação média de legibilidade dos artigos que não foram otimizados foi de 39.

Isso é muito mais alto do que a média, o que pode prejudicar o potencial dos leitores e do SEO.

7-Mais de 85% do conteúdo foi otimizado com sucesso.

A otimização de conteúdo é uma parte relativamente fácil e direta da criação de conteúdo, mesmo que leve algum tempo extra, e isso fica claro pelo fato de que a grande maioria do conteúdo foi otimizada corretamente.

8-A hashtag #socialmedia foi usada com mais frequência do que qualquer outra quando se fala em marketing digital no Twitter.

As hashtags usadas com mais frequência mostram o que as pessoas estão discutindo e enfatizando mais. A mídia social é apenas uma pequena parte do marketing digital, por isso, ver a hashtag predominante revela  sua importância na indústria.

Veja também: A importância dos vídeos ao vivo nas mídias sociais

Gostou de conhecer 8 estatísticas sobre conteúdo de marketing digital? Para usar as melhores estratégias de marketing digital em seu site ou blog é só entrar em contato e contratar os serviços da Rede Brasil de Marketing Digital.


Posted By Category: ArticlesTags: , Comments: 0
Palavra-chave no Yoast SEO.

Palavra-chave no Yoast SEO: como usar?

A otimização em Seach Engine Optimization (SEO) para sites e blogs é importante para o bom rankeamento no Google. Uma das estratégias mais utilizadas pela SEO é o uso de palavras-chave. Muitos sites e blogs usam a plataforma wordpress e o plugin Yoast SEO. Por isso, neste artigo você vai saber com usar a palavra-chave no Yoast SEO. 

 

Veja também: 3 vantagens dos links patrocinados para o seu site

 

Instalando o Yoast

Se você ainda não instalou o plugin Yoast SEO e não tem nenhum plugin do tipo, faça isso já!

Para instalar você deve acessar o Dashboard do Wordpress. Em seguida passe o mouse na categoria “Plugins” e clique em “Adicionar Novo”. Esse passo vai te direcionar para uma biblioteca de plugins do Wordpress.

Depois disso, você deverá buscar o Yoast na barra de busca, no lado direito da tela, digitando “Yoast SEO”. O primeiro resultado já vai ser o Yoast. Por último você deve clicar em “Instalar agora” para realizar a instalação, que dura poucos segundos. Depois é só clicar em “Ativar plugin”.

 

Como usar a palavra-chave no Yoast SEO?

É importante saber que o Yoast é um plugin que verifica se o texto vai ser bem rankeado no Google. Ele é essencial para mostrar se o texto está seguindo as regras do SEO, mas não é garantia de que ele vai ser bem rankeado. Isso acontece porque o Google está trabalhando para rankear o conteúdo de maneira cada vez mais humana.

 

  • Densidade

A densidade recomendada da palavra-chave no Yoast SEO é cerca de 1%, mas esse valor não é exato, podendo variar de texto para texto.

 

  • Título

O Yoast recomenda que a palavra-chave apareça no título do texto. E, é melhor ainda se ela aparecer no início do título. Mas, lembre-se que a palavra-chave deve aparecer de maneira natural. Há títulos que não dão certo com a palavra-chave no início, então, não coloque. Além disso, a palavra deve estar no título da página e no SEO title.

  • Primeiro parágrafo

É interessante que a palavra-chave esteja também no primeiro parágrafo do texto.

  • H2

O plugin também recomenda que a palavra-chave esteja em algum subtítulo h2 do texto.

  • Meta descrição

A meta descrição é geralmente um pequeno trecho do texto, que deve conter a palavra-chave.

A palavra-chave no Yoast SEO também deve estar na URL do texto.

A palavra-chave no Yoast SEO também deve estar na URL do texto.

  • URL

A palavra-chave também deve estar na URL do texto. A URL é preenchida automaticamente com o mesmo texto do título. Ela é a mesma coisa que o “slug”.

  • Imagens

A palavra-chave no Yoast SEO também deve aparecer no atributo alt das imagens (texto alternativo).

 

 

Veja também: O que é tráfego orgânico e tráfego pago?

 

Rede Brasil de Marketing digital

Agora que você já sabe como usar a palavra-chave no Yoast SEO é só começar a praticar. Para te auxiliar você pode contratar um profissional ou agência de marketing digital.

A Rede Brasil de Marketing Digital faz a otimização em SEO de sites, e-commerces e lojas virtuais. Além disso, realiza serviços de criação de sites, campanhas de e-mail marketing, consultoria em SEO, gerenciamento de redes sociais, como Twitter, Instagram e Facebook, campanhas com links patrocinados, entre outros serviços.

E você, domina o uso da palavra-chave no Yoast SEO? Fala aí nos comentários. E para contratar alguns dos serviços da Rede Brasil de marketing Digital é só entrar em contato.

 


Posted By Category: ArticlesTags: Comments: 0
A sigla SEO (Search Engine Optimization) significa otimização para mecanismos de busca.

Rede Brasil Marketing Digital e SEO – Seu site na primeira página do Google!

A Rede Brasil é a empresa ideal para fazer com que o seu site figure na primeira página do Google. Atuamos no marketing digital há mais de 10 anos, onde toda nossa equipe é treinada e capacitada com um único objetivo: Deixar a sua empresa sempre na frente!

 

O que é SEO?

A sigla SEO (Search Engine Optimization) significa otimização para mecanismos de busca e é exatamente isso que a nossa empresa oferece.

A otimização é um composto de técnicas e práticas cujo intuito é posicionar um site em buscadores, como o Google, por exemplo. Após serem aplicadas essas técnicas, outro fator que irá impulsionar o seu site é através do conteúdo.

Por isso não basta você utilizar as técnicas de SEO, mas contar com conteúdos sem relevância, que não provoque interesse na web. Para o site ser perfeito, ele precisa de um bom conteúdo atrelado ás técnicas de SEO.

O SEO atua eliminando diversos sites do ranking de buscas justamente por não terem um bom conteúdo, ou seja, um usuário só irá localizar a sua empresa no Google se ele tiver algumas informações da empresa, utilizando-se palavras-chave.

Veja também: Como aplicar o Neuromarketing no Marketing Digital

Definições de SEO

Mas como o ideal de qualquer empresa não é ser apenas “encontrado” pelo seu cliente, mas sim se tornar relevante e conseguir captar novos clientes, o seu site precisa ser localizado em pesquisas neutras.

Por exemplo, em uma loja de brinquedos, se o cliente digitar no Google “boneca que fala”, a sua empresa deve aparecer entre os primeiros sites, caso ela venda qualquer boneca que fale.

SEO-O ideal de qualquer empresa não é ser apenas “encontrado” pelo seu cliente, mas sim se tornar relevante e conseguir captar novos clientes

O ideal de qualquer empresa não é ser apenas “encontrado” pelo seu cliente, mas sim se tornar relevante e conseguir captar novos clientes.

Isso não garante que o cliente irá comprar o produto, mas já garante o clique e a visita do cliente ao seu site, onde poderá conhecer até mesmo outros produtos.

Outro ponto positivo do seu site aparecer na primeira página do Google, é que os usuários estão sempre na correria e com isso acabam não tendo paciência de procurar em sites que estão listados nas próximas páginas.

A palavra-chave de otimização de site é “encontrabilidade”, ou seja, fazer com que a sua empresa seja localizada na internet. Afinal no Google as empresas são encontradas em vez de procurarem seus clientes.

Agora que estamos definindo SEO, surge uma dúvida importante: Como fazer um conteúdo que agrade a todos?

Pois bem, isso é impossível, mas o que pode nos guiar para uma solução é saber que nem todo site bom para o usuário é bom para o SEO. Porém todo site bom para o SEO é bom para o usuário.

A melhor forma de definir SEO é colocar-se no lugar do Google e tentar entender quais critérios ele utiliza para avaliar qual site deve aparecer na primeira página de sua pesquisa.

Veja também: A importância do E-mail Marketing para seu negócio

Como pensar como um buscador?

A melhor forma de definir SEO é colocar-se no lugar do Google e tentar entender quais critérios ele utiliza para avaliar qual site deve aparecer na primeira página de sua pesquisa.

A melhor forma de definir SEO é colocar-se no lugar do Google e tentar entender quais critérios ele utiliza para avaliar qual site deve aparecer na primeira página de sua pesquisa.

O primeiro ponto que precisamos analisar que apesar de ser muito inteligente, um site de busca como o Google é um software de computador. Ele não trabalha utilizando a razão ou a emoção como nós seres humanos.

Então não adianta ficarmos chateados, achando que o Google está nos atrapalhando ou que ele não gosta da gente, não é nada pessoal. Brincadeiras a parte, o Google existe para facilitar o nosso trabalho.

Já imaginou como seria mais difícil encontrar a sua empresa se não tivesse um buscador que filtrasse o seu negócio ou produtos?

Agora que caiu por terra essa má fama do Google e descobrimos que ele não é nenhum vilão, como ele trabalha? Pois bem… Google é capaz de fazer cálculos precisos, de alta complexidade e de reunir diversos dados e informações.

O Google não acha nada, ele apenas calcula. Mesmo ele sendo programado por pessoas, ele segue uma linha lógica pré-determinada.

O que não podemos encontrar no Google?

O Google é, antes de tudo, uma empresa liberal, onde ele não possui critérios que faça nenhum tipo de distinção. A filosofia do Google, é juntar todas as ideologias e poder lucrar com elas.

Exatamente por isso todos os usuários que estão conectados á internet utilizam a ferramenta de busca. O Google cumpre bem a sua missão, que é mostrar informações de algo que a pessoa precisa.

SEO - O Google cumpre bem a sua missão, que é mostrar informações de algo que a pessoa precisa.

O Google cumpre bem a sua missão, que é mostrar informações de algo que a pessoa precisa.

Para ficar mais claro, um veículo de comunicação como o jornal impresso, ele conta com uma linha editorial (política predeterminada pela empresa) a ser seguida pelo Grupo. Já o Google aceita todas as linhas editoriais. O que o internauta quiser pesquisar, ele vai encontrar.

Porém o que vai definir os primeiros sites listados pelos buscadores é o conteúdo, se ele for bem explicado, bem desenvolvido e relevante. É ai que entra a estratégia de marketing digital.

Por isso se o seu site tem um bom conteúdo e recebem muitas referências em forma de link, ele acaba tendo mais chances de ficar bem posicionado.

Fatores on-page e off-page

O mecanismo do Google trabalha com fatores on-page e fatores off-page para identificar a qualidade de um site.

SEO - São considerados fatores on-page, tudo o que você fizer dentro de sua página. Já fatores off-page, são tudo o que você faz fora da sua página.

São considerados fatores on-page, tudo o que você fizer dentro de sua página. Já fatores off-page, são tudo o que você faz fora da sua página.

São considerados fatores on-page, tudo o que você fizer dentro de sua página. Já fatores off-page, são tudo o que você faz fora da sua página, essencialmente, conseguir bons links e ter seu site bem compartilhado nas mídias sociais.

Mas isso não significa que eu tenho apenas que conseguir o maior número de links, utilizando estratégias agressivas, pois esses links precisam ser de sites relevantes.

O importante é fugir de links fáceis, pois assim como na vida tudo que vem fácil, vai fácil. Otimização de site SEO é trabalhoso e exige uma série de cuidados que somente uma empresa especializada e consolidada na área do marketing digital, como a Rede Brasil é capaz de fazer.

Mas como o Google sabe se um conteúdo é bom ou não?

Ele pode avaliar a qualidade através de:

  • Links recebidos;
  • Palavras-chave no texto;
  • Palavra-chave no título;
  • Uso de imagens;
  • Vídeos;
  • Divisão por parágrafos;
  • Uso de heading tags (h1, h2, h3…);
  • Strong;

E ainda conta com várias outras técnicas. É por isso que não existe uma fórmula ao fazer SEO, mas sim muito conhecimento das sensibilidades do Google.

Não existe uma fórmula ao fazer SEO, mas sim muito conhecimento das sensibilidades do Google.

Não existe uma fórmula ao fazer SEO, mas sim muito conhecimento das sensibilidades do Google.

Os resultados irão aparecer, porém não serão automáticos e da noite para o dia. Afinal o Google privilegia os sites que ajudam seu algoritmo a categorizar melhor os dados, porque considera esses sites melhores.

Uma pessoa respeita a outra com quem aprende algo, portanto devemos ter isso em mente, ao fazer SEO, produzir conteúdo ou criar estratégias de marketing.