SEO no YouTube: como rankear bem seu vídeo – Parte 2

Dicas de SEO no YouTube

SEO no YouTube: como rankear bem seu vídeo – Parte 2

Fizemos um artigo sobre como rankear bem seu vídeo, através do SEO no Youtube. Confira agora a segunda parte do artigo, com mais dicas.

Veja também: Como fazer uma boa campanha de e-mail marketing

4. Qualidade do conteúdo e retenção do público

Não é preciso dizer que, independentemente da precisão com que você otimizar seu vídeo em torno de uma determinada palavra-chave, se o vídeo for ruim, ninguém vai continuar assistindo.  É importante saber que o YouTube recompensa a retenção de público, o que significa que, se as pessoas continuarem assistindo a todo o seu vídeo (ou a maior parte dele), o algoritmo do YouTube entenderá que é um produto útil e de alta qualidade.

O seu principal objetivo é vender o seu produto, mas o público do YouTube está procurando resolver problemas, aprender um ofício ou se divertir. Basta pesquisar esses tópicos no Google e você verá que alguns dos resultados exibidos são vídeos, pois o mecanismo de pesquisa exibe a melhor resposta para esses tipos de perguntas. Tente pensar que tipo de conhecimento você pode compartilhar sobre o seu negócio com o público. Veja algumas dicas para manter seu público até o fim do vídeo:

  • Tempo é dinheiro? 

Estabelecer a duração ideal de um vídeo é complicado, porque depende da complexidade do tópico. Alguns especialistas dizem que “quanto menor, melhor”, porque a atenção média do público é curta.

No entanto, em uma análise recente de 1,3 milhão de vídeos no YouTube, descobriu-se que vídeos mais longos superam significativamente os vídeos mais curtos. Segundo a pesquisa, a duração média de uma primeira página do vídeo do YouTube é de 14 minutos e 50 segundos. Você deve pensar em suas necessidades específicas para estabelecer a duração perfeita para seu vídeo.

SEO no YouTube 2

Estabelecer a duração ideal de um vídeo é complicado, porque depende da complexidade do tópico.

  • Comece com o pé direito

Nada é mais importante do que o começo do seu vídeo para manter seus espectadores. O assunto deve ser informado da forma mais clara possível, mas não jogue todas as suas cartas tão cedo! Faça perguntas que seu espectador quer saber, mas não responda imediatamente. Diga a eles o que você explicará mais tarde e eles continuarão assistindo o vídeo inteiro. Para prender o público, você precisa mantê-los interessados.

  • Não esqueça suas palavras-chave

Lembre-se de que seu áudio será automaticamente transcrito, portanto, mencione suas palavras-chave no início de seu vídeo para informar ao YouTube que seu conteúdo se refere a esse termo.

5. Utilização de playlists

Outra dica de SEO no Youtube é aproveitar as playlists. Essa útil ferramenta do YouTube reproduz automaticamente todos os vídeos em uma lista que você configurou. Basta escolher alguns dos seus vídeos que cobrem o mesmo tópico e adicioná-los a uma nova lista de reprodução. Este truque simples, mas eficaz, irá impulsionar as suas visualizações mais rapidamente!

Outra dica de SEO no Youtube é aproveitar as playlists

Outra dica de SEO no Youtube é aproveitar as playlists.

6. Melhorar o visual

O seu próprio canal pode classificar no YouTube e ajudá-lo a obter mais visualizações. Aproveite o seu tempo para melhorar o logotipo e o banner do seu canal. Adicione links para outras redes sociais e escreva uma descrição do canal mencionando suas palavras-chave.

Veja também: 8 estatísticas sobre conteúdo de marketing digital que você precisa conhecer

Como vimos neste artigo, a otimização em SEO no YouTube tem muitas pequenas táticas que você pode usar para classificar suas palavras-chave segmentadas. Mas lembre-se de que o mais importante, sempre, é a qualidade do seu conteúdo. Não importa quão bom seja um vídeo otimizado. Se não é atraente para o seu público, você não terá sucesso a longo prazo.

Clique aqui para ver a primeira parte do artigo com dicas sobre SEO no YouTube.

Comments

comments

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *